Governador autoriza implantação de progressões e promoções (06/01/2017)

06/01/2017
Governador autoriza implantação de progressões e promoções

O governador Beto Richa autorizou a implantação das progressões e promoções dos servidores estaduais que a elas tiveram direito até dezembro de 2016, a partir da folha de pagamento de janeiro. Está em estudo o cronograma para o pagamento dos valores atrasados desses benefícios, o que deve ser efetivado parceladamente durante 2017.

O orçamento do Estado prevê R$ 1,4 bilhão para promover o avanço na carreira do funcionalismo público. Estão programados para este mês, entre progressões e promoções, mais de 90 mil atos que se estenderão por todas as secretarias. “Fizemos um grande esforço para atender as reivindicações dos servidores, considerando, ainda, que a crise econômica continua reduzindo as receitas públicas em todo o país”, afirma o governador Beto Richa.

A progressão, no serviço público, é a mudança de uma referência salarial para outra imediatamente superior, obedecidas as condições previstas em legislação específica, própria da carreira a que pertence o servidor.

A promoção é a elevação do servidor à classe/nível imediatamente superior àquela a que pertence, também obedecidas as condições previstas na legislação específica de cada carreira.

AVANÇOS - Em apresentação aos servidores, realizada pela Secretaria de Estado da Fazenda, no final do ano passado, ficou demonstrado que, com os reajustes concedidos desde 2011, somados ao pagamento de progressões e promoções, a média de remuneração dos professores passou de R$ 2.115, em abril de 2010, para R$ 5.213 em 2017, o que representa um ganho real de 58%.

“Mais uma vez, fica comprovado que promovemos a valorização dos servidores públicos do Paraná”, reforça o governador.

Os funcionários da educação terão ganho, também na mesma base de comparação, de 89%, passando de R$ 1.522 para R$ 4.486. O cálculo tem como base a inflação projetada pelo IPCA nesse período e não considera valores atrasados.

Nessa mesma base de comparação, no caso da Polícia Militar, a remuneração média passa de R$ 2.746 para R$ 5.889, com variação real de 37,5%. E os servidores da Polícia Civil têm reajuste de 38%, de R$ 3.941 para R$ 8.478. De acordo com a Fazenda, entre 2010 e 2016, o funcionalismo do Paraná de todas as categorias recebeu em média 40% de aumento real.

“Com transparência e sinceridade, garantimos as melhores condições para que a sociedade paranaense tenha os melhores serviços públicos à sua disposição”, conclui o governador.




http://www.administracao.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=1483&tit=Governador-autoriza-implantacao-de-progressoes-e-promocoes


Voltar
SINDIFAZCRE PR REGISTRO SINDICAL OBTIDO através do processo MTE 46000020980/200408
concedido por despacho publicado no D.O.U em 16/06/2009, sessão I, pág. 36
© Copyright 2004 - 2017 Sindifazcre-PR todos os direitos reservados